Home   Adão Villaverde Projetos e Leis Agenda de Atividades   Notícias Reflexão Política Outros Artigos Publicações Galeria de Fotos Galeria de Áudio Galeria de Vídeo   Links Indicados Boletim Eletrônico Contato
Bom Dia! Domingo, 22 de Julho de 2018 - 09:04:08  
Reflexão Política

Voltar
Artigo
O espaço público dos grandes debates*
27/01/2011 12:05

Nós, gaúchos, temos uma cultura política de autenticidade, de identidades ideológicas e de afirmação da justiça que remonta à herança democrática da Grécia de Aristóteles, à capacidade crítica do Iluminismo, aos farrapos, ao transcendente movimento de 30, ao movimento épico pela Legalidade, à resistência ao golpe, à luta pela redemocratização e ao Estado gaúcho que está emergindo da “Era Lula”. O nosso Legislativo se funde e se confunde com esta história. E nos grandes momentos converteu-se num amparo moral e ético para seu povo e foi trincheira de proteção dos seus mais altos valores, por democracia e liberdades. Alcançou tal notoriedade porque, sempre que exigido, pautou-se por destemor, conteúdos fundamentados e denodo inquebrantável, das convicções dos que por ele passaram.

Guardo na memória o acolhimento que dava às prodigiosas ideias de uma geração que nascia amordaçada, porque simplesmente queria paz, democracia e liberdade.

Eleito no próximo dia 31, presidiremos o Legislativo no exato momento em que o governador Tarso assume a enorme tarefa de sintonizar o RS com as profundas transformações que o Brasil vem vivenciando, agora sob o comando de nossa presidenta Dilma.

Neste momento histórico, pretendemos nos postar com a independência e autonomia que nossa Carta Magna requer, mas com a harmonia, a coragem e a responsabilidade que, tenho certeza, os gaúchos esperam da representação que nos conferiram.

Sabemos que o papel do parlamento se reduziu. Seja pela Constituição, seja por subordinação aos Executivos, ou, pelo outro extremo, a tentativa de interditar gestões. Além do equívoco de sua perda de essência, ao substituir a política por sua judicialização.

Vivemos um tempo em que da mesma forma que a democracia é desafiada a se atualizar, a representação também o é. Um mandato não pode mais apenas se considerar detentor de uma delegação renovada pelo calendário eleitoral. Sua legitimidade será tanto maior quanto mais ele se aproximar e compartilhar com a sociedade, através do diálogo e de propostas. Este é um elemento decisivo para o resgate da política e de valorização das instituições democráticas.

Deveremos assumir num desses momentos que exige que nossas melhores tradições sirvam de amálgama à construção de um projeto capaz de alçar nosso Estado a outro patamar.

O que nos embalará nesta nova legislatura é promover as discussões dos destinos e das soluções para o RS, sem prescindir de praticar o diálogo, respeitar o contraditório, fiscalizar e legislar. Almejamos recolocar o espaço público do parlamento no mesmo espaço superior que outrora esta grandiosa instituição já ocupou. Sem privilegiar bandeiras específicas ou reducionistas, mas de forma plural, respeitosa e comprometida a construir e implementar uma agenda com todos e para todos os amplos setores de nossa sociedade. Desejamos afirmar e reafirmar um parlamento que ajude o RS a se recolocar no seu lugar protagônico no cenário nacional. Com esta conquista contribuindo para melhorar e qualificar a vida de cada um de nossos cidadãos, que é, de fato, o que mais importa à representação pública que exercemos. Não faltaremos ao Rio Grande e ao povo gaúcho!

* Artigo publicado no jornal Zero Hora, em 27/01/2011

Autor: Adão Villaverde
Veja outros artigos com o tema Artigo.
 
 
Gabinete do Deputado Estadual Adão Villaverde
Praça Marechal Deodoro nº 101 - Gab. 308 - Centro - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300
Fone: (51) 3210.1913 - Fax: (51) 3210.1910
E-mail: villaverde@al.rs.gov.br / twitter.com/adaovillaverde